40,2% dos jovens de 0 a 14 anos estão em situação de pobreza

O levantamento divulgado pela Fundação Abrinq, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad 2015), do IBGE, revelou que 40,2% (17,3 milhões) da população brasileira com idades entre 0 e 14 anos encontram-se em situação de pobreza, ou seja, que pertençam à famílias em que a renda máxima mensal é de R$ 394,00 por pessoa.

Foto Filantropia

Segundo o levantamento da Abrinq, as regiões Norte e Nordeste concentram os maiores índices de crianças e adolescentes em situação de pobreza, com 54,0% e 60,6% de jovens nessa condição, respectivamente.

A superação da pobreza na infância e na adolescência é um dos principais desafios assumidos pelo Brasil junto a agenda mundial da Organização das Nações Unidas proposta em 2015 e que conta com com 17 objetivos e 169 metas a serem cumpridas pelas nações até 2030. Entre os 17 objetivos estão ações nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, água e saneamento, entre outros.

Com informações da Rede Brasil Atual e Filantropia