Primeira semana foi de atividades educativas com muita diversão na Brinquedoteca do Tatuquara

 

As crianças e adolescentes foram recepcionados com muito entusiasmo e alegria no retorno das atividades da Brinquedoteca em Ação no bairro Tatuquara, em Curitiba. Na primeira semana de atividades de 2018, de 19 a 23 de fevereiro, os participantes puderam matar as saudades da equipe e uns dos outros e ainda recepcionaram alguns novos participantes. As crianças e adolescentes novas na Brinquedoteca exploraram o espaço da brinquedoteca e começaram a entender a metodologia do projeto.

A Brinquedoteca em Ação é uma unidade que proporciona atividades educativas e recreativas diárias no período oposto ao do ensino regular para crianças e adolescentes. Nesta primeira semana de 2018 a equipe resgatou a conversa com os participantes, dentro do tema mensal “Responsabilidade, aproximação familiar e territorial”.  Os atendidos participaram de atividades educativas repletas de conhecimento e diversão. O destaque vai para os jogos colaborativos, que, ao invés de alimentar a competitividade, estimulam o trabalho em grupo.

Outra atividade inovadora e que animou muito as crianças e adolescentes foi a atividade de eleição das lideranças mirins das unidades, com direito a campanha eleitoral, fazendo alusão ainda ao ano eleitoral em que estamos. Esses líderes, escolhidos pelos próprios atendidos, serão estimulados a acompanhar atividades específicas – como a organização do espaço, do material e da formação de filas – e partilhar o que aprendem com os demais.

 

 

A primeira semana contou também com a primeira ação na comunidade – atividade de interação entre as crianças e a comunidade local. Visitaram a vizinhança para divulgar o trabalho desenvolvido na Brinquedoteca e marcar presença no bairro. A primeira oficina de leitura, com um livro de aventura sobre coragem e mudanças, cativou as crianças e adolescentes, que se sentiram atraídos pela literatura.

 

 

“Eu estou gostando bastante e estou bem animado com este projeto”, declara Eduardo Henrique, de 12 anos. A educadora social Marcia Brandão afirma: “Estou certa de que este ano será rico em vivências e aprendizado para todos nós do projeto”.

O ano de 2018 promete muito conhecimento, despertar da curiosidade e aprendizagem coletiva. Os temas e propostas a serem trabalhados estarão diretamente ligados ao desenvolvimento cognitivo e emocional dos atendidos. A programação também está cheia de ações práticas, contribuindo de forma completa para a formação humana das crianças e adolescentes.

 

Veja abaixo algumas fotos das atividades: