Crianças de projeto no Tatuquara recebem orientações sobre profissões desde cedo

 

Você sabia que metade dos jovens escolhe sua carreira sem conhecer a profissão? Uma pesquisa realizada pela Universidade Anhembi Morumbi com mais de 18 mil alunos do 3º ano do Ensino Médio revelou que 59% desses estudantes já haviam escolhido a carreira que querem seguir, mas menos da metade (46%) revelou ter mantido algum contato com a profissão escolhida.

Conhecer e conversar com diferentes profissionais desde cedo pode ajudar o jovem a escolher sua carreira no futuro. Pensando nisso, a equipe da Brinquedoteca do Tatuquara, projeto social administrado pela Ação Social do Paraná (ASP), organizou uma atividade de aproximação entre as crianças e adolescentes atendidos e profissionais.

A experiência de conhecimento das profissões iniciou no dia 9 de março, quando as crianças e adolescentes tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho do policial civil. De maneira leve e descontraída, os policiais Vicente e Karina explicaram o que é necessário para ingressar na carreira e mostraram alguns dos equipamentos utilizados no dia a dia.

Os profissionais também orientaram os educandos com relação a situações de risco, sobre como agir diante de pessoas estranhas e sobre as consequências individuais e coletivas de agressões físicas e verbais.

Para a equipe da Brinquedoteca, o evento foi importante para ampliar o conhecimento de si e do mundo por meio de experiências concretas, além de ajudar as crianças e adolescentes a entender a importância das diferentes profissões para a sociedade.