Mesa redonda no Asilo discute como conviver com a doença de Alzheimer

 

Para marcar o Dia Mundial da Doença de Alzheimer, o Asilo São Vicente de Paulo recebeu, na última sexta-feira, 21 de setembro, uma mesa redonda para discutir o tema, promovida pela ABRAz Paraná (Associação Brasileira de Alzheimer).

O evento reuniu especialistas na área e a equipe de geriatria da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba e do Asilo São Vicente de Paulo, que responderam a dúvidas comuns no dia a dia de quem cuida de uma pessoa com Alzheimer. Uma atração especial foi a presença do grupo musical Velhos Guris, formado por moradores do lar para idosos Recanto do Tarumã.

“Esta data marca uma doença feita de perdas”, destacou Cláudia Hernandez, coordenadora do Centro Dia, na abertura do evento, após a apresentação musical. “É muito importante que nós tenhamos acesso a informação para dar o melhor atendimento e a maior atenção a quem sofre de Alzheimer”, concluiu.

Ao longa da conversa, os médicos falaram sobre os fatores de risco que aumentam as chances de uma pessoa desenvolver a doença de Alzheimer e deram dicas de como tratar o idoso para garantir o seu bem-estar e qualidade de vida.

Em seguida, os participantes confraternizaram com um delicioso lanche.

 

Veja algumas fotos do evento: